quarta-feira, 30 de setembro de 2015


30.09.15


PM REAGE A ASSALTO E MATA ASSALTANTE
no Recife PE





                                                 

                              



Às 05:50h ( 30,09.15), ao se deslocar de sua residência para assumir o serviço na permanência do posto policial do Hospital Otávio de Freitas, o Cb PM , foi abordado nas proximidades do viaduto do Barro, na bifurcação da Avenida Doutor José Rufino, dentro de seu carro, um Ethos vermelho, por um meliante moreno de identidade desconhecida, armado com arma de fogo e apontando para o policial anunciando o assalto. O Cb após verbalizar com o meliante informou que iria retirar o cinto de segurança, momento em que o policial ouviu um barulho semelhante ao disparo de revólver pinando e efetuou dois disparos contra o assaltante, em legítima defesa. O meliante tombou caindo no chão e entrou em óbito no local. O Policial Militar está sendo ouvido na DHPP sendo acompanhado pela GT 4000 comandada pelo 2° Sgt PM Santana Júnior, e recebendo todo o apoio do CMT do 12° BPM Ten Cel PM Aleixo. Ressaltamos que o elemento portava um revólver com seis munições (duas pinadas).



Fonte Adeilton 9599

 Vendedor autorizado das baterias PIONEIRO
Rinaldo  Renê  Renato


Postado  quarta-feira, 30 de setembro de 2015  |  Ler Matéria»


30.09.15


PM REAGE A ASSALTO E MATA ASSALTANTE
no Recife PE





                                                 

                              



Às 05:50h ( 30,09.15), ao se deslocar de sua residência para assumir o serviço na permanência do posto policial do Hospital Otávio de Freitas, o Cb PM , foi abordado nas proximidades do viaduto do Barro, na bifurcação da Avenida Doutor José Rufino, dentro de seu carro, um Ethos vermelho, por um meliante moreno de identidade desconhecida, armado com arma de fogo e apontando para o policial anunciando o assalto. O Cb após verbalizar com o meliante informou que iria retirar o cinto de segurança, momento em que o policial ouviu um barulho semelhante ao disparo de revólver pinando e efetuou dois disparos contra o assaltante, em legítima defesa. O meliante tombou caindo no chão e entrou em óbito no local. O Policial Militar está sendo ouvido na DHPP sendo acompanhado pela GT 4000 comandada pelo 2° Sgt PM Santana Júnior, e recebendo todo o apoio do CMT do 12° BPM Ten Cel PM Aleixo. Ressaltamos que o elemento portava um revólver com seis munições (duas pinadas).



Fonte Adeilton 9599

 Vendedor autorizado das baterias PIONEIRO
Rinaldo  Renê  Renato


0 comentários:

30.09.15

PRESIDENTA DILMA SANCIONA



Supremo considerou o financiamento por empresa inconstitucional.
Ao todo, foram sete vetos, incluindo também impressão de voto em urna.
Filipe Matoso
Do G1, em Brasília

A presidente Dilma Rousseff sancionou nesta terça-feira (29) a Lei da Reforma Política aprovada pelo Congresso Nacional, mas vetou sete itens, incluindo o trecho que permitia a doação de empresas a campanhas eleitorais. Os vetos foram publicados em edição extra do "Diário Oficial da União".
No último dia 17, o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu declarar inconstitucionais normas que permitem a empresas doar para campanhas eleitorais. Por outro lado, ao analisar itens da reforma política, em setembro, a Câmara havia aprovado projeto que permite a doação empresarial.

O artigo sobre doações de empresas vetado pela presidente tinha a seguinte redação após ter sido aprovado no Congresso: "Doações e contribuições de pessoas jurídicas para campanhas eleitorais poderão ser feitas para os partidos políticos a partir do registro dos comitês financeiros dos partidos ou coligações".


REFORMA POLÍTICA


"A possibilidade de doações e contribuições por pessoas jurídicas a partidos políticos e campanhas eleitorais, que seriam regulamentadas por esses dispositivos, confrontaria a igualdade política e os princípios republicano e democrático, como decidiu o Supremo Tribunal Federal - STF", diz a justificativa.

Diante do veto de Dilma, caberá ao Congresso Nacional analisá-lo e decidir se o mantém ou o derruba. Para derrubar um veto presidencial , são necessários 257 votos de deputados e outros 41 de senadores. A próxima sessão de votação de vetos presidenciais está marcada para esta quarta-feira (30).

Nesta terça-feira, em uma manobra para permitir o financiamento empresarial de campanha nas eleições de 2016, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), exigiu que eventual veto da presidente Dilma Rousseff a doações empresariais fosse incluído na pauta da sessão desta quarta-feira.

"A posição da maioria dos líderes é não votar nenhum veto se não puder votar também o veto da lei eleitoral. Eu cumpro o que a maioria dos líderes assim decidir", disse Cunha.
saiba mais
Apreciar eventual veto à doação privada seria 'gesto inútil', diz Renan
Análise de vetos depende de decisão sobre doações, dizem deputados
Senado decide adiar votação de PEC da reforma até outubro, dizem líderes
Supremo proíbe doação de empresas para campanhas eleitorais
O presidente do Senado, Renan Calheiros, reagiu, dizendo que incluir o veto à doação de empresas na sessão de quarta seria um gesto inútil.
"A apreciação desse veto na sessão de amanhã [quarta], quando o Brasil espera que concluamos apreciação dos outros vetos, seria gesto inútil do Congresso Nacional. Seria um gesto sem nenhuma eficácia", afirmou Renan.

Ele argumentou que a apreciação desse possível veto iria contra a regra do Congresso Nacional que estabelece que os vetos devem ser pautados depois de 30 dias a partir da data de chegada ao Legislativo.

PEC da reforma política
O veto da presidente e a decisão do STF não interferem no andamento de uma proposta de emenda à Constituição (PEC), em andamento no Congresso, que restabelece a doação de empresas a campanhas. O texto já foi aprovado pela Câmara e agora aguarda votação em dois turnos no Senado. Como se trata de uma PEC, sua aprovação leva à promulgação pelo próprio Congresso, sem necessidade de sanção pela presidente.
A eventual aprovação pode levar a um novo julgamento no Supremo sobre as doações, caso alguma entidade ou partido questione a constitucionalidade da emenda.

Prazo para filiação
Ao sancionar o projeto de lei da reforma eleitoral, Dilma manteve o artigo aprovado no Congresso que determina que, para concorrer às eleições, o candidato deverá estar com a filiação partidária deferida pela legenda no mínimo seis meses antes da data da eleição.

Pela legislação atual, qualquer mudança no sistema eleitoral deve ocorrer no prazo de até um ano antes do pleito – ou seja, no caso das eleições de 2016, até a próxima sexta (2).

Troca de partido
Outro ponto do projeto aprovado no Congresso e mantido pela presidente na sanção da lei foi o que trata da perda do mandato do detentor de cargo eletivo que se desfiliar sem justa causa.

Fica permitida somente a mudança de partido que ocorrer dentro dos 30 dias que antecedem o prazo final - de seis meses - estabelecido para a filiação com possibilidade de disputa na eleição, majoritária ou proporcional. O período deve se referir aos meses finais do mandato.

Pela lei, será considerada justa causa para a desfiliação de um partido, o que, portanto, não implica perda de mandato, “mudança substancial ou desvio reiterado do programa partidário” e “grave discriminação política pessoal”.

Voto impresso
Outro ponto aprovado pelo Congresso Nacional e vetado pela presidente era o que previa a impressão, pela urna eletrônica, do registro do voto do eleitor.
Segundo o projeto, esse comprovante seria depositado em um local lacrado após a confirmação pelo eleitor de que a impressão estava correta.
Ao justificar o veto, Dilma argumentou que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manifestou-se contrariamente à sanção do item porque isso geria "altos custos", com impacto de R$ 1,8 bilhão.

"Além disso, esse aumento significativo de despesas não veio acompanhado da estimativa do impacto orçamentário-financeiro, nem da comprovação de adequação orçamentária", explicou a presidente.

Do G1, em Brasília

REFORMA POLITICA

Postado    |  Ler Matéria»

30.09.15

PRESIDENTA DILMA SANCIONA



Supremo considerou o financiamento por empresa inconstitucional.
Ao todo, foram sete vetos, incluindo também impressão de voto em urna.
Filipe Matoso
Do G1, em Brasília

A presidente Dilma Rousseff sancionou nesta terça-feira (29) a Lei da Reforma Política aprovada pelo Congresso Nacional, mas vetou sete itens, incluindo o trecho que permitia a doação de empresas a campanhas eleitorais. Os vetos foram publicados em edição extra do "Diário Oficial da União".
No último dia 17, o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu declarar inconstitucionais normas que permitem a empresas doar para campanhas eleitorais. Por outro lado, ao analisar itens da reforma política, em setembro, a Câmara havia aprovado projeto que permite a doação empresarial.

O artigo sobre doações de empresas vetado pela presidente tinha a seguinte redação após ter sido aprovado no Congresso: "Doações e contribuições de pessoas jurídicas para campanhas eleitorais poderão ser feitas para os partidos políticos a partir do registro dos comitês financeiros dos partidos ou coligações".


REFORMA POLÍTICA


"A possibilidade de doações e contribuições por pessoas jurídicas a partidos políticos e campanhas eleitorais, que seriam regulamentadas por esses dispositivos, confrontaria a igualdade política e os princípios republicano e democrático, como decidiu o Supremo Tribunal Federal - STF", diz a justificativa.

Diante do veto de Dilma, caberá ao Congresso Nacional analisá-lo e decidir se o mantém ou o derruba. Para derrubar um veto presidencial , são necessários 257 votos de deputados e outros 41 de senadores. A próxima sessão de votação de vetos presidenciais está marcada para esta quarta-feira (30).

Nesta terça-feira, em uma manobra para permitir o financiamento empresarial de campanha nas eleições de 2016, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), exigiu que eventual veto da presidente Dilma Rousseff a doações empresariais fosse incluído na pauta da sessão desta quarta-feira.

"A posição da maioria dos líderes é não votar nenhum veto se não puder votar também o veto da lei eleitoral. Eu cumpro o que a maioria dos líderes assim decidir", disse Cunha.
saiba mais
Apreciar eventual veto à doação privada seria 'gesto inútil', diz Renan
Análise de vetos depende de decisão sobre doações, dizem deputados
Senado decide adiar votação de PEC da reforma até outubro, dizem líderes
Supremo proíbe doação de empresas para campanhas eleitorais
O presidente do Senado, Renan Calheiros, reagiu, dizendo que incluir o veto à doação de empresas na sessão de quarta seria um gesto inútil.
"A apreciação desse veto na sessão de amanhã [quarta], quando o Brasil espera que concluamos apreciação dos outros vetos, seria gesto inútil do Congresso Nacional. Seria um gesto sem nenhuma eficácia", afirmou Renan.

Ele argumentou que a apreciação desse possível veto iria contra a regra do Congresso Nacional que estabelece que os vetos devem ser pautados depois de 30 dias a partir da data de chegada ao Legislativo.

PEC da reforma política
O veto da presidente e a decisão do STF não interferem no andamento de uma proposta de emenda à Constituição (PEC), em andamento no Congresso, que restabelece a doação de empresas a campanhas. O texto já foi aprovado pela Câmara e agora aguarda votação em dois turnos no Senado. Como se trata de uma PEC, sua aprovação leva à promulgação pelo próprio Congresso, sem necessidade de sanção pela presidente.
A eventual aprovação pode levar a um novo julgamento no Supremo sobre as doações, caso alguma entidade ou partido questione a constitucionalidade da emenda.

Prazo para filiação
Ao sancionar o projeto de lei da reforma eleitoral, Dilma manteve o artigo aprovado no Congresso que determina que, para concorrer às eleições, o candidato deverá estar com a filiação partidária deferida pela legenda no mínimo seis meses antes da data da eleição.

Pela legislação atual, qualquer mudança no sistema eleitoral deve ocorrer no prazo de até um ano antes do pleito – ou seja, no caso das eleições de 2016, até a próxima sexta (2).

Troca de partido
Outro ponto do projeto aprovado no Congresso e mantido pela presidente na sanção da lei foi o que trata da perda do mandato do detentor de cargo eletivo que se desfiliar sem justa causa.

Fica permitida somente a mudança de partido que ocorrer dentro dos 30 dias que antecedem o prazo final - de seis meses - estabelecido para a filiação com possibilidade de disputa na eleição, majoritária ou proporcional. O período deve se referir aos meses finais do mandato.

Pela lei, será considerada justa causa para a desfiliação de um partido, o que, portanto, não implica perda de mandato, “mudança substancial ou desvio reiterado do programa partidário” e “grave discriminação política pessoal”.

Voto impresso
Outro ponto aprovado pelo Congresso Nacional e vetado pela presidente era o que previa a impressão, pela urna eletrônica, do registro do voto do eleitor.
Segundo o projeto, esse comprovante seria depositado em um local lacrado após a confirmação pelo eleitor de que a impressão estava correta.
Ao justificar o veto, Dilma argumentou que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manifestou-se contrariamente à sanção do item porque isso geria "altos custos", com impacto de R$ 1,8 bilhão.

"Além disso, esse aumento significativo de despesas não veio acompanhado da estimativa do impacto orçamentário-financeiro, nem da comprovação de adequação orçamentária", explicou a presidente.

Do G1, em Brasília

0 comentários:

terça-feira, 29 de setembro de 2015

29.09.15

BANDIDO DA GALERA DO INOCOOP DE CARUARU  É FUZILADO EM SÃO CAITANO



Galera de Caruaru(Terror da COHAB III e INOCOOP)
ultimo da direita 

 +José Anael da Silva(Nael) 20 anos

Este estava na relação de fotos de Quem tem medo da verdade
Segundo as bocas miúdas foi Mão Branca

Por volta das 10 e meia da noite de segunda-feira (28.09.15), foi assassinado a tiros, próximo ao posto de Geraldo Ramos em São Caetano, o jovem José Anael da Silva, de 20 anos, que morava na Rua do Rosário, no centro da cidade. 
Segundo informações ele estava passeando e foi chamado para o local, onde foi morto. Ele foi preso no último dia 15 em Caruaru, quando estava em uma casa no bairro Santa Rosa, acompanhado de dois adolescentes de 15 e 17 anos e no interior da casa foram encontradas 33 pedras de crack, um revólver calibre 38 com 4 munições e uma moto Honda Bros roubada e o mesmo foi reconhecido pelo dono de tê-lo assaltado com um dos menores, por isso foi autuado em flagrante por roubo e foi recolhido á Penitenciária Juiz Plácido de Souza, em Caruaru, onde passou apenas uma semana preso. 

Antes dessa prisão ele tinha sido pego com um adolescente e a PM encontrou um revólver, mas o menor assumiu ser o dono da arma e o inocentou a outra prisão ele estava com uma moto roubada e foi liberado da Delegacia mediante o pagamento de fiança. 
José Anael era apontado pela Polícia Militar como um assaltante que agia em Caruaru, tomando motos. O corpo da vítima foi encaminhado para o IML de Caruaru

Fonte Adielson Galvão

HOMICÍDIO EM SÃO CAITANO

Postado  terça-feira, 29 de setembro de 2015  |  Ler Matéria»

29.09.15

BANDIDO DA GALERA DO INOCOOP DE CARUARU  É FUZILADO EM SÃO CAITANO



Galera de Caruaru(Terror da COHAB III e INOCOOP)
ultimo da direita 

 +José Anael da Silva(Nael) 20 anos

Este estava na relação de fotos de Quem tem medo da verdade
Segundo as bocas miúdas foi Mão Branca

Por volta das 10 e meia da noite de segunda-feira (28.09.15), foi assassinado a tiros, próximo ao posto de Geraldo Ramos em São Caetano, o jovem José Anael da Silva, de 20 anos, que morava na Rua do Rosário, no centro da cidade. 
Segundo informações ele estava passeando e foi chamado para o local, onde foi morto. Ele foi preso no último dia 15 em Caruaru, quando estava em uma casa no bairro Santa Rosa, acompanhado de dois adolescentes de 15 e 17 anos e no interior da casa foram encontradas 33 pedras de crack, um revólver calibre 38 com 4 munições e uma moto Honda Bros roubada e o mesmo foi reconhecido pelo dono de tê-lo assaltado com um dos menores, por isso foi autuado em flagrante por roubo e foi recolhido á Penitenciária Juiz Plácido de Souza, em Caruaru, onde passou apenas uma semana preso. 

Antes dessa prisão ele tinha sido pego com um adolescente e a PM encontrou um revólver, mas o menor assumiu ser o dono da arma e o inocentou a outra prisão ele estava com uma moto roubada e foi liberado da Delegacia mediante o pagamento de fiança. 
José Anael era apontado pela Polícia Militar como um assaltante que agia em Caruaru, tomando motos. O corpo da vítima foi encaminhado para o IML de Caruaru

Fonte Adielson Galvão

8 comentários:

29.09.15

DETENTO ENCONTRADO ENFORCADO NA PENITENCIÁRIA DR PLACIDO DE SOUZA EM CARUARU



+Cleiton Silva da Rocha(Paulista) 28 anos

Por volta das 4 e meia da madrugada deste sábado (26), os agentes penitenciários da Penitenciária Juiz Plácido de Souza em Caruaru, foram informados que havia um detento morto por enforcamento em um dos banheiros da unidade, eles foram verificar e se depararam com o reeducando Cleiton Silva da Rocha, vulgo “Paulista” de 28 anos, que morava no bairro Santo Antonio em Bezerros, pendurado por um cadarço de sapato, foi acionado o Samu que constatou o óbito.

O diretor da penitenciária Dr. Sérgio Siqueira, disse que a Polícia Civil vai investigar o caso para constatar se realmente o detento se matou ou se foi assassinado, no entanto pelo que ouviu dos próprios presos, o “Paulista” era tranqüilo e se dava bem com todos na unidade. Ele recentemente entrou em atrito com a esposa e isso pode ter motivado o mesmo a cometer suicídio. Ele estava preso há um ano por ter cometido um assalto em São Paulo, sua terra natal.

O perito criminal e o papiloscopista do Instituto de Criminalística (IC), estiveram no local, onde periciaram o corpo e a cena do evento, em seguida encaminharam o cadáver para o IML local.

Fonte Adielson Galvão

 Vendedor autorizado das baterias PIONEIRO
Rinaldo  Renê  Renato


DETENTO É ENCONTRADO MORTO NA PENITENCIARIA DE CARUARU

Postado    |  Ler Matéria»

29.09.15

DETENTO ENCONTRADO ENFORCADO NA PENITENCIÁRIA DR PLACIDO DE SOUZA EM CARUARU



+Cleiton Silva da Rocha(Paulista) 28 anos

Por volta das 4 e meia da madrugada deste sábado (26), os agentes penitenciários da Penitenciária Juiz Plácido de Souza em Caruaru, foram informados que havia um detento morto por enforcamento em um dos banheiros da unidade, eles foram verificar e se depararam com o reeducando Cleiton Silva da Rocha, vulgo “Paulista” de 28 anos, que morava no bairro Santo Antonio em Bezerros, pendurado por um cadarço de sapato, foi acionado o Samu que constatou o óbito.

O diretor da penitenciária Dr. Sérgio Siqueira, disse que a Polícia Civil vai investigar o caso para constatar se realmente o detento se matou ou se foi assassinado, no entanto pelo que ouviu dos próprios presos, o “Paulista” era tranqüilo e se dava bem com todos na unidade. Ele recentemente entrou em atrito com a esposa e isso pode ter motivado o mesmo a cometer suicídio. Ele estava preso há um ano por ter cometido um assalto em São Paulo, sua terra natal.

O perito criminal e o papiloscopista do Instituto de Criminalística (IC), estiveram no local, onde periciaram o corpo e a cena do evento, em seguida encaminharam o cadáver para o IML local.

Fonte Adielson Galvão

 Vendedor autorizado das baterias PIONEIRO
Rinaldo  Renê  Renato


0 comentários:

29.09.15

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA VOTA AUMENTO DO IPVA EM 

PERNAMBUCO






Deputados estaduais de Pernambuco aprovaram em primeira votação, nesta segunda-feira (28), o pacote de aumento de impostos enviados pelo governo estadual, com algumas emendas alterando o texto original. Uma segunda votação deve acontecer na terça-feira (29), na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), região central do Recife, para então o projeto ser sancionado pelo governador Paulo Câmara.


Uma das emendas aprovadas limita a alteração no IPVA (imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) e ICMS (sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) por um prazo de 48 meses. Com isso, o IPVA tem a alíquota escalonada, com a cobrança de mais imposto sobre bens e veículos de maior valor. Carros com até 180 cavalos-vapor (CV) passam a ser tributados em 3% e, acima disso, a alíquota será de 4%. Aeronaves e embarcações pagarão 6% de IPVA.
Outra emenda aprovada foi relacionada às locadoras de carros, que agora têm uma cota mínima de 30 veículos para ser considerada locadora. A expectativa do governo era subir a alíquota do IPVA 0,5% para 1%, mas os deputados optaram por um valor intermediário de 0,75%. Os frotistas de carro, aqueles que têm mais de um carro em seu CPF, também passam a pagar IPVA.

FONTE G1 PE

Vendedor autorizado das baterias PIONEIRO 
Rinaldo Renê Renato









MAIS IMPOSTOS EM PERNAMBUCO

Postado    |  Ler Matéria»

29.09.15

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA VOTA AUMENTO DO IPVA EM 

PERNAMBUCO






Deputados estaduais de Pernambuco aprovaram em primeira votação, nesta segunda-feira (28), o pacote de aumento de impostos enviados pelo governo estadual, com algumas emendas alterando o texto original. Uma segunda votação deve acontecer na terça-feira (29), na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), região central do Recife, para então o projeto ser sancionado pelo governador Paulo Câmara.


Uma das emendas aprovadas limita a alteração no IPVA (imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) e ICMS (sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) por um prazo de 48 meses. Com isso, o IPVA tem a alíquota escalonada, com a cobrança de mais imposto sobre bens e veículos de maior valor. Carros com até 180 cavalos-vapor (CV) passam a ser tributados em 3% e, acima disso, a alíquota será de 4%. Aeronaves e embarcações pagarão 6% de IPVA.
Outra emenda aprovada foi relacionada às locadoras de carros, que agora têm uma cota mínima de 30 veículos para ser considerada locadora. A expectativa do governo era subir a alíquota do IPVA 0,5% para 1%, mas os deputados optaram por um valor intermediário de 0,75%. Os frotistas de carro, aqueles que têm mais de um carro em seu CPF, também passam a pagar IPVA.

FONTE G1 PE

Vendedor autorizado das baterias PIONEIRO 
Rinaldo Renê Renato









7 comentários:

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

28.09.15


POLÍCIA PRENDE SUSPEITOS DE ENVOLVIMENTO COM DUPLO HOMICÍDIO EM OURO VELHO
Dois são de Pernambuco
 1º Danilo
2º Doguinha
3º Vigilante de Ouro Velho

Danilo do Santa Tereza(Traficante e assaltante )
Baleado na perna fato ocorrido em junho de 205 no Rio Verde,
 na ocasião foi morto seu primo Leninho
Autor Gato Felix ( preso)
          Neguinho de Preta

Doguinha do Santa Tereza
Assaltante , traficante, homicida
Autor da morte 
 +Geovane Gomes Araújo - 26 anos. 
no Sítio Caldeirão em Brejo da Madre de Deus
juntamente com Tiago
19 de jan de 2015

Doguinha e Danilo foram presos na Paraíba
(fotos  dos dois na postagem quem tem medo  verdade)
A polícia prendeu na noite deste domingo (27), três suspeitos de envolvimento com o duplo homicídio realizado na madrugada do último sábado (26), na saída de uma boate da cidade de Ouro Velho, no Cariri paraibano.
De acordo com a polícia, os suspeitos são naturais de Pernambuco, sendo que um deles trabalhava há 15 anos como guarda noturno na cidade de Ouro Velho. Com um deles a polícia apreendeu um revólver calibre 38.
Com o trio a polícia apreendeu ainda dinheiro, munição e uma pequena quantidade de maconha. Eles negam a autoria do crime.
O caso está sendo investigado pelo delegado Paulo Ênio.
O CRIME
Um duplo homicídio foi registrado na madrugada deste sábado (26), no centro da cidade de Ouro Velho, no Cariri paraibano. As vítimas são dois homens de 30 anos e 20 anos, ambos naturais do município de Monteiro, também no Cariri.
Conforme as primeiras informações, os dois jovens foram alvejados com vários tiros de arma de fogo após saírem de uma boate. Os dois morreram no local. Os suspeitos fugiram com destino ignorado.
A Polícia esteve no local do crime e está investigando o caso. Os corpos foram encaminhados para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (NUMOL), de Campina Grande.
O sepultamento dos corpos aconteceu neste domingo (27), no cemitério de Monteiro.

Fonte: Vitrine do Cariri
Local do crime

+Rodrigo Francisco da Silva, de 30 anos
 +Danilo Quintans Caldeira  de 20 anos 
(Vítimas)

Mais um crime de morte do Doguinha



A arma apreendida na Paraíba, pode ser a mesma 

utilizada no assassinato de Geovane

Exame de balística pode comprovar

Uma arma tambem foi apreendida em poder de Clécio, preso 

em São Domingos em agosto de 2015, conduzido para DP de Santa Cruz do Capibaribe, e autuado em flagrante, pagou fiança e foi posto em liberdade
( pode tambem ser a arma do crime )

 Um homem foi assassinado no interior de uma residência localizada no Sítio Caldeirão, zona rural de Brejo da Madre de Deus. Segundo a Polícia, a vítima Geovane Gomes de Araújo, de 26 anos de idade, foi executada com pelo menos quatro tiros em cima de uma cama na casa onde morava.  O irmão da vítima acredita que Geovane foi morto como ‘queima de arquivo’, tendo em vista que, iria denunciar a Polícia um elemento conhecido por ‘Bruno’ que teria mandado seu comparsa identificado como ‘Clécio’ executar o crime. O SAMU ainda esteve no local, mas a vítima já estava em óbito. O corpo foi encaminhado para o IML da cidade de Caruaru.  Segundo informações a vitima estava na sua residência,quando os assassinos,chegaram em uma moto Bros e efetuaram os disparos de arma de fogo,na tentativa de escapar de seus algozes a vitima correu,para o quarto e se escondeu embaixo da cama de seu filho,mas não resistiu aos ferimentos e faleceu. .

Mandante - Bruno
Agenciador - Clécio
Executores - Doguinha e Tiago

Clécio Marreco
Rua Sena São Domingos
Brejo da Madre de Deus

SANTA TEREZA EXPORTA BANDIDOS PARA A PARAIBA

Postado  segunda-feira, 28 de setembro de 2015  |  Ler Matéria»

28.09.15


POLÍCIA PRENDE SUSPEITOS DE ENVOLVIMENTO COM DUPLO HOMICÍDIO EM OURO VELHO
Dois são de Pernambuco
 1º Danilo
2º Doguinha
3º Vigilante de Ouro Velho

Danilo do Santa Tereza(Traficante e assaltante )
Baleado na perna fato ocorrido em junho de 205 no Rio Verde,
 na ocasião foi morto seu primo Leninho
Autor Gato Felix ( preso)
          Neguinho de Preta

Doguinha do Santa Tereza
Assaltante , traficante, homicida
Autor da morte 
 +Geovane Gomes Araújo - 26 anos. 
no Sítio Caldeirão em Brejo da Madre de Deus
juntamente com Tiago
19 de jan de 2015

Doguinha e Danilo foram presos na Paraíba
(fotos  dos dois na postagem quem tem medo  verdade)
A polícia prendeu na noite deste domingo (27), três suspeitos de envolvimento com o duplo homicídio realizado na madrugada do último sábado (26), na saída de uma boate da cidade de Ouro Velho, no Cariri paraibano.
De acordo com a polícia, os suspeitos são naturais de Pernambuco, sendo que um deles trabalhava há 15 anos como guarda noturno na cidade de Ouro Velho. Com um deles a polícia apreendeu um revólver calibre 38.
Com o trio a polícia apreendeu ainda dinheiro, munição e uma pequena quantidade de maconha. Eles negam a autoria do crime.
O caso está sendo investigado pelo delegado Paulo Ênio.
O CRIME
Um duplo homicídio foi registrado na madrugada deste sábado (26), no centro da cidade de Ouro Velho, no Cariri paraibano. As vítimas são dois homens de 30 anos e 20 anos, ambos naturais do município de Monteiro, também no Cariri.
Conforme as primeiras informações, os dois jovens foram alvejados com vários tiros de arma de fogo após saírem de uma boate. Os dois morreram no local. Os suspeitos fugiram com destino ignorado.
A Polícia esteve no local do crime e está investigando o caso. Os corpos foram encaminhados para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (NUMOL), de Campina Grande.
O sepultamento dos corpos aconteceu neste domingo (27), no cemitério de Monteiro.

Fonte: Vitrine do Cariri
Local do crime

+Rodrigo Francisco da Silva, de 30 anos
 +Danilo Quintans Caldeira  de 20 anos 
(Vítimas)

Mais um crime de morte do Doguinha



A arma apreendida na Paraíba, pode ser a mesma 

utilizada no assassinato de Geovane

Exame de balística pode comprovar

Uma arma tambem foi apreendida em poder de Clécio, preso 

em São Domingos em agosto de 2015, conduzido para DP de Santa Cruz do Capibaribe, e autuado em flagrante, pagou fiança e foi posto em liberdade
( pode tambem ser a arma do crime )

 Um homem foi assassinado no interior de uma residência localizada no Sítio Caldeirão, zona rural de Brejo da Madre de Deus. Segundo a Polícia, a vítima Geovane Gomes de Araújo, de 26 anos de idade, foi executada com pelo menos quatro tiros em cima de uma cama na casa onde morava.  O irmão da vítima acredita que Geovane foi morto como ‘queima de arquivo’, tendo em vista que, iria denunciar a Polícia um elemento conhecido por ‘Bruno’ que teria mandado seu comparsa identificado como ‘Clécio’ executar o crime. O SAMU ainda esteve no local, mas a vítima já estava em óbito. O corpo foi encaminhado para o IML da cidade de Caruaru.  Segundo informações a vitima estava na sua residência,quando os assassinos,chegaram em uma moto Bros e efetuaram os disparos de arma de fogo,na tentativa de escapar de seus algozes a vitima correu,para o quarto e se escondeu embaixo da cama de seu filho,mas não resistiu aos ferimentos e faleceu. .

Mandante - Bruno
Agenciador - Clécio
Executores - Doguinha e Tiago

Clécio Marreco
Rua Sena São Domingos
Brejo da Madre de Deus

21 comentários:

domingo, 27 de setembro de 2015

27.09.15



Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) ocuparam a fazenda do ex-deputado federal Pedro Corrêa neste domingo (27). A propriedade está localizada em Fazenda Nova, distrito de Brejo da Madre de Deus, Agreste de Pernambuco. De acordo com um dos coordenadores do movimento, José Aglailson, de 42 anos, "há pouco mais de 100 famílias no local". O ex-parlamentar foi condenado pelo mensalão e é alvo da Operação Lava Jato.

O G1 entrou em contato com Fábio Corrêa Neto, filho do ex-deputado. Ele informou que a família já tomou as medidas legais para pedir a reintegração de posse do local. "A fazenda é de nossa propriedade há mais de 50 anos. É uma terra produtiva e nuca teve invasão, nem ameaça de invasão. E eu fico preocupado com a integridade física da minha família. Quem pode fazer isso, pode fazer tudo", disse Fábio.

José Aglailson contou ao G1 que os integrantes do MST decidiram ocupar a propriedade devido às denúncias de corrupção em torno do ex-parlamentar. "Não é um apoio ao governo federal. Não tem nada a ver. Ele é uma pessoa que está presa sob denúncia de corrupção. Onde houver fazendas dessas pessoas que estão envolvidas com corrupção, o MST do estado de Pernambuco tem um encaminhamento para ocupar todas", informou.

"A polícia já veio aqui e foi tudo tranquilo. Esse é um movimento pacífico. Se ele garantir que a terra foi comprada legitimamente, pode pedir reintegração de posse. Mas, enquanto isso não acontece, nós continuamos e vamos permanecer até que a justiça diga de quem é o direito. Tem pessoas de comunidade próxima da fazenda que está se juntando a nós. Elas trabalharam na propriedade de Pedro Corrêa, mas não receberam nenhum direito. O acampamento está crescendo e vai crescer mais nos próximos dias", pontuou José Aglailson.


O outro coordenador estadual do MST, Francisco Terto, disse que a movimentação deste domingo foi à primeira da retomada das atividades do movimento. "Nós estamos num momento de retomada na luta de terra e achamos a terra de Pedro [Corrêa] um lugar emblemático por causa da situação atual do nosso país. A ideia é chamar atenção pelo mote da reforma agrária", ressaltou.



Mensalão e Lava-Jato
O ex-deputado Pedro Corrêa (PP-PE) recebeu um mandado de prisão pela 11ª fase da Operação Lava Jato em abril deste ano. Na época ele estava no Centro de Ressocialização do Agreste, em Canhotinho, Agreste de Pernambuco, onde cumpria pena em regime semiaberto por condenação no processo do mensalão.


No mesmo mês, o ex-parlamentar foi transferido para a penitenciária de Curitiba, no Paraná. Ele responde pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Nas investigações sobre o esquema de corrupção na Petrobras, ele teve o nome citado pelo ex-diretor da estatal Paulo Roberto Costa, como recebedor de propina de R$ 5,3 milhões.



No ano de 2012 Pedro Corrêa foi condenado a 7 anos e 2 meses de prisão no processo do mensalão por ter recebido dinheiro em troca de apoio político no Congresso ao governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

FAZENDA DE PEDRO CORREIA É INVADIDA PELO MST

Postado  domingo, 27 de setembro de 2015  |  Ler Matéria»

27.09.15



Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) ocuparam a fazenda do ex-deputado federal Pedro Corrêa neste domingo (27). A propriedade está localizada em Fazenda Nova, distrito de Brejo da Madre de Deus, Agreste de Pernambuco. De acordo com um dos coordenadores do movimento, José Aglailson, de 42 anos, "há pouco mais de 100 famílias no local". O ex-parlamentar foi condenado pelo mensalão e é alvo da Operação Lava Jato.

O G1 entrou em contato com Fábio Corrêa Neto, filho do ex-deputado. Ele informou que a família já tomou as medidas legais para pedir a reintegração de posse do local. "A fazenda é de nossa propriedade há mais de 50 anos. É uma terra produtiva e nuca teve invasão, nem ameaça de invasão. E eu fico preocupado com a integridade física da minha família. Quem pode fazer isso, pode fazer tudo", disse Fábio.

José Aglailson contou ao G1 que os integrantes do MST decidiram ocupar a propriedade devido às denúncias de corrupção em torno do ex-parlamentar. "Não é um apoio ao governo federal. Não tem nada a ver. Ele é uma pessoa que está presa sob denúncia de corrupção. Onde houver fazendas dessas pessoas que estão envolvidas com corrupção, o MST do estado de Pernambuco tem um encaminhamento para ocupar todas", informou.

"A polícia já veio aqui e foi tudo tranquilo. Esse é um movimento pacífico. Se ele garantir que a terra foi comprada legitimamente, pode pedir reintegração de posse. Mas, enquanto isso não acontece, nós continuamos e vamos permanecer até que a justiça diga de quem é o direito. Tem pessoas de comunidade próxima da fazenda que está se juntando a nós. Elas trabalharam na propriedade de Pedro Corrêa, mas não receberam nenhum direito. O acampamento está crescendo e vai crescer mais nos próximos dias", pontuou José Aglailson.


O outro coordenador estadual do MST, Francisco Terto, disse que a movimentação deste domingo foi à primeira da retomada das atividades do movimento. "Nós estamos num momento de retomada na luta de terra e achamos a terra de Pedro [Corrêa] um lugar emblemático por causa da situação atual do nosso país. A ideia é chamar atenção pelo mote da reforma agrária", ressaltou.



Mensalão e Lava-Jato
O ex-deputado Pedro Corrêa (PP-PE) recebeu um mandado de prisão pela 11ª fase da Operação Lava Jato em abril deste ano. Na época ele estava no Centro de Ressocialização do Agreste, em Canhotinho, Agreste de Pernambuco, onde cumpria pena em regime semiaberto por condenação no processo do mensalão.


No mesmo mês, o ex-parlamentar foi transferido para a penitenciária de Curitiba, no Paraná. Ele responde pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Nas investigações sobre o esquema de corrupção na Petrobras, ele teve o nome citado pelo ex-diretor da estatal Paulo Roberto Costa, como recebedor de propina de R$ 5,3 milhões.



No ano de 2012 Pedro Corrêa foi condenado a 7 anos e 2 meses de prisão no processo do mensalão por ter recebido dinheiro em troca de apoio político no Congresso ao governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

1 comentários:

27.09.15

Pernambucanos vão pagar contas de energia mais caras em outubro


A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) manterá na cor vermelha a bandeira tarifária referente ao mês de outubro. Com isso, as contas de luz virão com acréscimo de R$ 4,50 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos.

O sistema de bandeiras tarifárias permite a cobrança de um valor extra na conta de luz, que varia de acordo com o custo de geração de energia. Esse valor adicional é indicado pelas bandeiras verde, amarela e vermelha, de forma a informar ao consumidor se ele está pagando mais caro pela energia. 

A bandeira verde indica condições favoráveis de geração de energia, situação que não resulta em acréscimos na tarifa. A bandeira amarela indica condições de geração menos favoráveis. Nesse caso, a tarifa sofreria acréscimo de R$ 2,50 para cada 100 kWh consumidos.


CONTA DE LUZ MAIS CARA EM OUTUBRO

Postado    |  Ler Matéria»

27.09.15

Pernambucanos vão pagar contas de energia mais caras em outubro


A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) manterá na cor vermelha a bandeira tarifária referente ao mês de outubro. Com isso, as contas de luz virão com acréscimo de R$ 4,50 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos.

O sistema de bandeiras tarifárias permite a cobrança de um valor extra na conta de luz, que varia de acordo com o custo de geração de energia. Esse valor adicional é indicado pelas bandeiras verde, amarela e vermelha, de forma a informar ao consumidor se ele está pagando mais caro pela energia. 

A bandeira verde indica condições favoráveis de geração de energia, situação que não resulta em acréscimos na tarifa. A bandeira amarela indica condições de geração menos favoráveis. Nesse caso, a tarifa sofreria acréscimo de R$ 2,50 para cada 100 kWh consumidos.


3 comentários:

27.09.15
EX-DEPUTADO FEDERAL DO PP PEDRO CORREIA ESTÁ DESFRUTANDO DA OPERAÇÃO CABUETA

CUSPINDO NO PRATO QUE COMEU


Reportagem de capa da revista Veja deste fim de semana mostra que o ex-deputado pernambucano Pedro Corrêa (PP) pode vir a ser o primeiro político investigado a fechar acordo de delação premiada na Operação Lava Jato, colaboração negociada há dois meses com o Ministério Público. Segundo a publicação, Corrêa, um dos condenados do mensalão, está prestes a relatar que o esquema de corrupção na Petrobras era urdido em reuniões capitaneadas pelo cacique petista no Palácio do Planalto.

A revista diz que Corrêa, ex-presidente nacional do partido e um dos articuladores da adesão da sigla ao governo Lula, mantinha com Lula “um acordo tácito” de discrição em negociatas e usufruto de poder. Segundo a reportagem, tal acordo está “prestes a ruir” em razão do avanço das investigações sobre o esquema de desvios na estatal.

Preso desde abril, Pedro Corrêa já teria dito a procuradores envolvidos nas investigações da Lava Jato que não só Lula, mas também a presidenta Dilma Rousseff não só tinham conhecimento da existência do petrolão como “agiram pessoalmente para mantê-lo em funcionamento”, como registra o texto assinado pelo repórter Robson Bonim. A reportagem descreve ainda a insistência de Lula em bancar peças-chave do esquema em postos estratégicos.

“Corrêa contou, por exemplo, que o petrolão nasceu numa reunião realizada no Planalto, com a participação dele, de Lula, de integrantes da cúpula do PP e dos petistas José Dirceu e José Eduardo Dutra – que à época eram, respectivamente, ministro da Casa Civil e presidente da Petrobras. Em pauta, a nomeação de um certo Paulo Roberto Costa para a diretoria de Abastecimento da Petrobras”, diz trecho da reportagem

Fonte Magno Martins

 Revendedor autorizado das baterias PIONEIRO
Rinaldo Renê Renato


OPERAÇÃO CABUL

Postado    |  Ler Matéria»

27.09.15
EX-DEPUTADO FEDERAL DO PP PEDRO CORREIA ESTÁ DESFRUTANDO DA OPERAÇÃO CABUETA

CUSPINDO NO PRATO QUE COMEU


Reportagem de capa da revista Veja deste fim de semana mostra que o ex-deputado pernambucano Pedro Corrêa (PP) pode vir a ser o primeiro político investigado a fechar acordo de delação premiada na Operação Lava Jato, colaboração negociada há dois meses com o Ministério Público. Segundo a publicação, Corrêa, um dos condenados do mensalão, está prestes a relatar que o esquema de corrupção na Petrobras era urdido em reuniões capitaneadas pelo cacique petista no Palácio do Planalto.

A revista diz que Corrêa, ex-presidente nacional do partido e um dos articuladores da adesão da sigla ao governo Lula, mantinha com Lula “um acordo tácito” de discrição em negociatas e usufruto de poder. Segundo a reportagem, tal acordo está “prestes a ruir” em razão do avanço das investigações sobre o esquema de desvios na estatal.

Preso desde abril, Pedro Corrêa já teria dito a procuradores envolvidos nas investigações da Lava Jato que não só Lula, mas também a presidenta Dilma Rousseff não só tinham conhecimento da existência do petrolão como “agiram pessoalmente para mantê-lo em funcionamento”, como registra o texto assinado pelo repórter Robson Bonim. A reportagem descreve ainda a insistência de Lula em bancar peças-chave do esquema em postos estratégicos.

“Corrêa contou, por exemplo, que o petrolão nasceu numa reunião realizada no Planalto, com a participação dele, de Lula, de integrantes da cúpula do PP e dos petistas José Dirceu e José Eduardo Dutra – que à época eram, respectivamente, ministro da Casa Civil e presidente da Petrobras. Em pauta, a nomeação de um certo Paulo Roberto Costa para a diretoria de Abastecimento da Petrobras”, diz trecho da reportagem

Fonte Magno Martins

 Revendedor autorizado das baterias PIONEIRO
Rinaldo Renê Renato


0 comentários:

Blog do Rui Medeiros-A Realidade da Notícia-
Copyright © 2016 Blog do Rui Medeiros.
Desenvolvido por SoftTech - Tecnologia em Softwares. .