terça-feira, 11 de julho de 2017

SSALTO AO BANCO DO BRASIL EM SANTA MARGARIDA MG

Postado  terça-feira, 11 de julho de 2017  |  Ler Matéria»

11.07.17

CABO PMMG E VIGILANTE MORREM EM CONFRONTO COM ASSALTANTES DE BANCO EM SANTA MARGARIDA ZONA DA MATA DE MINAS GERAIS






















Wesley Rosa Firmino, 23 anos; Josimar Pereira Rodrigues, 30 anos; e Sirlande da Silva Ferreira, 27 anos - Os três primeiros acusados de envolvimento com o ataque, cercados em uma lavoura e presos por força-tarefa policial



+CB PMMG Marcos Marques da Silva( 36 anos )

Um assalto a agências bancárias em Santa Margarida, na Zona da Mata mineira, terminou com dois mortos, um cabo da polícia militar e um vigilante. Três criminosos foram presos no cerco policial realizado na área rural do município, localizado a 190 quilômetros de Ipatinga. Os três, que são da região da Zona da Mata, foram identificados como Wesley Rosa Firmino, 23 anos; Josimar Pereira Rodrigues, 30 anos; e Sirlande da Silva Ferreira, 27 anos. O quarto suspeito Daniel Rodrigues Aguiar, 34 anos, continuava foragido. 

O assalto ocorreu por volta das 9h, quando quatro bandidos cercaram as agências dos bancos, Sicoob e do Brasil, no centro de Santa Margarida. Armados com cartucheiras de calibre 12 e fuzil 5.56, os criminosos roubaram no primeiro banco e acabaram atirando contra o vigilante Leonardo José Mendes, que trabalhava na agência vizinha. Inicialmente foi divulgado que eram oito criminosos, mas a Polícia Militar concluiu que eram quatro. 

O roubo não foi realizado na segunda agência, dada a resistência encontrada, primeiro com vigilantes armados, da agência alvo dos criminosos e, em seguida, por dois policiais militares que se encontravam na cidade, que tem cerca de 16 mil habitantes.

O vigilante Leonardo José chegou a receber os primeiros socorros, mas morreu no local do crime, com graves ferimentos. Um segundo vigilante foi ferido e levado para o Hospital César Leite, em Manhuaçu. Ambos trabalhavam no Banco do Brasil. 

Enviadas para o WhatsApp Portal DA
Troca de tiros assustou, na pequena cidade de Santa Margarida, Zona da Mata mineira: um cabo PM morreu e um vigilante ferido a tiros

Os criminosos pegaram duas pessoas como reféns e, na fuga, dispararam contra o cabo Marcos Marques da Silva, de 36 anos, que morreu com um tiro na cabeça. Os reféns foram levados na carroceria da picape, com as mãos para o alto. Com os reféns usados como escudo, o cabo Marques não pode efetuar disparos contra a picape, avaliam policiais ao assistirem aos vídeos feitos pela população. 
Um vídeo, gravado por um morador de Santa Margarida, mostra o momento em que o policial militar, abrigado em uma esquina, é surpreendido pelos assaltantes. Uma viatura da PM, Fiat Uno, dá ré e o cabo fica exposto quando a picape em que estava a quadrilha passou pelo cruzamento.

Abandonada 
O veículo com os criminosos seguiu sentido à zona rural do município de Orizânia. A picape Fiat Toro estava com placas PYS-6600, (frias) clonada de outro veículo de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Ela foi encontrada abandonada em São João do Manhuaçu, onde também foram libertados os dois reféns. 

A PM foi informada que os criminosos fugiram logo depois em um VW Gol, placa GUE-2860, sentido a Raul Soares. Várias equipes policiais, com o apoio de helicópteros da PM, da Polícia Civil e até do Sistema Prisional, realizaram rastreamento localizando em uma mata, várias armas e munição dos autores, além de coletes balísticos e toucas. 

No início da tarde, três indivíduos foram presos e o outro fugiu, em meio a uma plantação de café. As buscas continuavam até o começo da noite de ontem para prender os outros envolvidos. Os três não tiveram os nomes oficialmente divulgados e seriam todos moradores da região da Zona da Mata. 


Comando 


Todo o trabalho de buscas aos assaltantes é coordenado pelo coronel Edvanio Carneiro, comandante da 12ª Região da Polícia Militar de Ipatinga, que tem jurisdição sobre o 11º batalhão, responsável pelo policiamento naquela região. 

O coronel Edvanio, em entrevista ao Portal Caparaó, lamentou a morte do cabo Marcos “Lamentável. Dói muito a todos nós. Perdemos um profissional de segurança pública. Aos olhos da sociedade, muitas vezes passa despercebido sua dedicação. Só que no momento em que ele foi tombado dessa forma, dói muito em todos nós de ver alguém que defende a sociedade ser morto naquele episódio covarde. Temos policiais militares de toda a região, até mesmo policiais aposentados, que se mobilizaram para dar uma resposta à essa grave ofensa à sociedade, ao Estado, à democracia como um todo – representada por esse militar. Estamos todos muito sentidos”.

Onde fica 



Santa Margarida é um município da zona cafeeira de Minas Gerais, próximo a Matipó e a Manhuaçu, com acessos às BRs 262 e 116. Nessa época do ano há intensa movimentação de dinheiro por causa da safra do café e a polícia tem intensificado a ação contra criminosos que atuam na região. O cabo Marcos era casado e deixou dois filhos.

O cabo Marcos Marques da Silva, de 36 anos, foi baleado e morreu na hora
 Os três primeiros acusados de envolvimento com o ataque, cercados em uma lavoura e presos por força-tarefa policial

Compartilhe esta postagem

0 comentários:

Blog do Rui Medeiros-A Realidade da Notícia-
Copyright © 2016 Blog do Rui Medeiros.
Desenvolvido por SoftTech - Tecnologia em Softwares. .